24 de out de 2011

BiblioSesc estimula a leitura nas salas de aula


O hábito da leitura é importante para qualquer pessoa. Além do conhecimento que transmite, ler ajuda no desenvolvimento das pessoas, da sociedade e fortalece a cultura. É assim que o SESC, através do projeto BiblioSesc, exerce seu papel, levando a literatura ao alcance de todos.

A Contação de Histórias/BiblioSesc, aconteceu na tarde de hoje (24), no Centro Social Vila Sarney Filho. As histórias contadas ficaram por conta do Grupo Xama Teatro, que é parceiro do Sesc desde a primeira edição da Mostra Guajajara. Há quatro anos o Grupo Xama Teatro trabalha levando arte e literatura a públicos variados.

Na platéia, crianças de escolas municipais de São José de Ribamar e adultos que se divertiram ouvindo atentos às histórias “Pode Entrar Dona Sorte”, do Grupo Confabulando, e “A história do Sapo”, de Álvaro Ottoni. A atriz e contadora, Renata Figueiredo, é quem prende a atenção do público com seu talento, dramatizando cada personagem da história e fazendo uso de elementos ilustrativos. A apresentação dispõe de apenas três elementos cenográficos: um pufe, um baú e um tapete.

A professora da Escola Municipal Doutor Fiquene, Luliana Batista de Carvalho, 36 anos, ressalta que a Contação de Histórias é uma surpresa para os alunos, uma vez que os mesmos ainda não haviam tido acesso a manifestações artísticas do gênero. “A Mostra Guajajara é muito importante porque muitas crianças que estão aqui escutando as histórias poderiam estar nas ruas fazendo besteiras”, afirma a professora.

Em relação à Mostra, Renata Figueiredo falou da importância desse tipo de evento. “É sempre bom ter eventos que dão espaço a artistas locais para mostrarem seu trabalho, já que nosso público é muito restrito. Isso fomenta a cultura”, ressaltou a atriz. Durante os dias 25, 26 e 27 a Contação de Histórias/BiblioSesc acontecerá no Bairro Reynaldo Tavares, às 15h.