3 de dez de 2015

10º Aldeia Sesc Guajajara de Artes promove uma programação especial para o público infantil

Alunos da Educação Infantil do Sesc e bebês foram os contemplados pela programação da 10ª Aldeia Sesc Guajajara de Artes

TEXTO: ANDRÉ VIANNA / LIDENEY RIBEIRO

A Aldeia Sesc Guajajara de Arte dentro da sua programação ofereceu ao público infantil o espetáculo crianças Banana com Canela, com a Companhia Vagamundos, do Rio Grande do Sul. O espetáculo aconteceu na tarde da última terça-feira dia 1º de dezembro, na Área de Vivência do Sesc Deodoro. No dia seguinte, a programação contou com uma apresentação inédita de teatro para bebês com o espetáculo “CUCO - A linguagem dos bebês no teatro”, na Galeria Trapiche.


Banana com Canela que é do seguimento circense arrancou muitas gargalhadas do seu público com o palhaço Rabito, briguento, rabugento e cheio de estripulias envolve a plateia tentando solucionar seus problemas, mas acaba se complicando cada vez mais, porém sempre busca uma forma de encontrar nos seus fracassos sua maior alegria.

As turmas da Educação Infantil do Sesc foram privilegiadas com esse espetáculo onde um palhaço em uma bicicleta e umas bananas cheios de improvisos arrancaram sorrisos sinceros dos expectadores mirins.

Na quarta-feira (2), a Companhia Caixa de Elefante, do Rio Grande do Sul, reuniu um seleto público formado por espectadores de 0 a 3 anos que atentos se identificaram com as performances realizadas pelas atrizes Ana Luzia Bergmann e Viviana Schames.

O espetáculo “CUCO — A linguagem dos bebês no teatro”, que completou em 2015, 3 anos de apresentação, é resultado de uma pesquisa acerca das possibilidades de performance artística para um público muito especial. “Antes apresentávamos espetáculos infantis com falas, bruxas e outros personagens e muitos pais traziam bebês então vislumbramos a possibilidade de pensar algo para esse segmento”, conta Viviana.

A Companhia em parceria o pedagogo Paulo Fochi então desenvolveram uma apresentação em que os bebês são espectadores e ao mesmo tempo protagonistas e centro do processo de criação. “Utilizamos o teatro de animação com elementos de esconder e aparecer, em que as cores vão surgindo gradativamente, assim como novos elementos, nos momentos seguintes são de exploração, em que passamos a observar as crianças”, explicou Viviana e completou: “desse segundo momento, surgem novos movimentos que adequamos conforme observamos os bebês fazerem”.

SOBRE A ALDEIA

A Aldeia Sesc Guajajara de Artes é um projeto de continuidade no país. Integrante da Rede Sesc de Intercâmbio e Difusão das Artes Cênicas, o projeto caracteriza-se pela potência do confronto com o outro e o novo nas linguagens música, teatro, dança, literatura, artes visuais, cinema e circo. Essa reunião de elementos e características exprime o espírito que norteia o evento, marcado tanto pela expressividade da cultura popular, afro-brasileira e indígena, quanto pela arte contemporânea. Apresentando-se em formato de “Aldeia Cultural”, concentra uma programação artística-cultural para públicos variados. Em sua 10ª edição, promovida no período de 25 de novembro a 03 de dezembro nos municípios de São Luís e Raposa, a Aldeia Sesc Guajajara de Artes evidencia sua vocação multiculturalista através de uma ampla e rica programação fortemente marcada pelo diálogo com os coletivos e redes culturais.