22 de out de 2014

9ª edição da Aldeia Sesc Guajajara de Artes inicia nesta quinta

Diversos espetáculos artísticos contemporâneos movimentam o cenário cultural de São Luís na 9ª edição da Aldeia Sesc Guajajara de Artes. O já consagrado projeto do Sesc no Maranhão este ano aborda o tema “Tecendo Redes” e acontece em teatros, Unidades Sesc e espaços abertos entre os dias 23 e 30 de outubro. Na programação, projetos locais e nacionais, além de grupos e artistas convidados que apresentem iniciativas culturais no formato de redes.

Envolvendo as linguagens das artes cênicas, artes visuais, música, literatura e cinema, um total de 27 grupos e 14 artistas foram selecionados para compor o enredo do projeto em 2014. Com uma agenda diversificada de atrações, ainda fazem parte da programação vinte grupos convidados, além de projetos nacionais e regionais desenvolvidos pelo Programa Cultura do Sesc, tais como CineSesc, Dramaturgia, Por Trás da Cena, Mãos à Obra e Palco Giratório.   Este último, considerado o maior projeto de difusão e circulação de artes cênicas do país, apresentando em São Luís quatro espetáculos teatrais e uma intervenção urbana.

A escolha do tema levanta uma questão bastante discutida na contemporaneidade: as redes de cultura e como estas vêm cada vez mais protagonizando a manutenção do cenário artístico, criando ações através de colaborações alternativas independentes para superar os desafios colocados. Redes são fenômenos coletivos, isto é, sua dinâmica implica relacionamento no âmbito de grupos, sejam eles conjuntos de células, pessoas ou comunidades. Configura-se como um conjunto de pessoas que, em nome de um objetivo consensual, realizam trabalho coletivo, cooperando entre si. Isso dá forma à ideia de rede. No universo artístico cultural, essas teias assumem papel de grande importância à medida que atuam como veículos para a potencialização das relações humanas, intercâmbio de conhecimento e a democratização do acesso aos bens culturais.

Dessa forma, perpetuando esse conceito, a 9ª edição da Aldeia Sesc Guajajara de Artes visa à conexão entre artistas, grupos, produtores e gestores culturais que apresentam produções no formato de rede, a exemplo do “Movimento Sebo no Chão”, “A Vida é uma Festa”, “O Circo tá na rua” e o “Brechó no Olho da Rua”, que participam desta edição como convidados, assim como objetiva legitimar e incentivar essa construção por meio de uma programação que se configura como uma grande aldeia cultural que agrega e inclui múltiplas ações: espetáculos, performances, exposições, shows, exibições de filmes, intervenções e instalações artísticas, contações de histórias e ações formativas.



Programação


O tradicional cortejo artístico abre o evento na próxima quinta-feira, dia 23 de outubro.  Com concentração às 15h30, Habilidades Circenses/MA, Grupo Officina Affro/MA, GAMAR/MA, Banda do Bom Menino, Xangô Caô (TSI/Sesc) e Imaginautas_Rede Social ArteEduComunicAtiva realizam o trajeto Rua Grande, Largo do Carmo, Beco da Pacotilha e Rua dona Praça Deodoro, os grupos Maratuque Upaon Açu/MA, O Circo tá na rua – Núcleo de Formação Artística/MA, Trupe de  Giz, até a Praça Nauro Machado, na Praia Grande convidando os ludovicenses a participarem da aldeia cultural do Sesc.

Na Praça Nauro Machado, a partir das 19h, uma noite dedicada à música com os shows Brechó no Olho da Rua/MA, DJ Franklin/MA, “Sinfonia de Baticum” - Madian e o Escarcéu/MA e a banda pernambucana Mundo Livre S.A, um dos ícones do movimento Manguebit, comemorando 20 anos do lançamento de Samba esquema noise, seu primeiro disco.

A programação estica com o “Caia na Rede”, quando a Aldeia Sesc Guajajara de Artes integrará à sua programação o happening semanal A Vida é uma Festa, comandada pelo poeta e músico Zé Maria Medeiros, às 23h, na Companhia Circense de Teatro de Bonecos (Rua dos Catraieiros, Praia Grande).

Todas as atrações são inteiramente gratuitas e acontecem até o dia 30 de outubro nos teatros Alcione Nazareth, Arthur Azevedo, Teatro da Cidade de São Luís, Guest House (Rua da Palma, Praia Grande), ECIMUSEUM (Praia Grande), Casarão Angelus Novus (Beco Catarina Mina, Praia Grande) e Cine Praia Grande, locais onde o público poderá retirar o ingresso com uma hora de antecedência e se quiser exercitar a solidariedade também poderá doar 1kg de alimento não perecível destinado às instituições sociais auxiliadas pelo Programa Mesa Brasil Sesc. Este ano, o município de Raposa também recebe o Aldeia Sesc Guajajara de Artes, com atrações abertas ao público na Quadra Sesc Comunidade.

Confira a programação completa no site do Sesc clicando aqui.