28 de out de 2010

Vestidas em Nelson é sucesso de público

Texto: Max de Medeiros

Os espetáculos que aconteceram na última quarta-feira (27) pela Mostra Sesc Guajajara de Artes lotaram os teatros no centro histórico de São Luís. A peça “Vestidas em Nelson”, apresentada no teatro Alcione de Nazaré, trouxe ao palco a dramaturgia de Nelson Rodrigues através das personagens, Sônia, Dorotéia e Moema, criadas pelo autor e encenadas pelas atrizes maranhenses, Roberta Soraya, Fernanda Costa e Nina Araújo, em textos de autoria das próprias atrizes.


O público se encantou com o envolvimento das atrizes em cena e com o confronto entre as personagens. Durante a apresentação, Nelson Rodrigues é lembrado por meio de um vídeo que é mostrado e de seus textos que são lidos pelas atrizes. “O espetáculo é lindo, traz toda a intensidade de Nelson ao tratar da morte, dos amantes e, inclusive, do sexo. É sensacional.”, ressalta a universitária Sara Sousa.


Após a exibição do espetáculo “Vestidas em Nelson”, o público seguiu para o teatro João do Vale, onde acompanhou a duas apresentações de dança, com os grupos Pulsar Cia de Dança e a Cia de Teatro e Dança Resgate. O primeiro grupo trouxe ao palco o solo do dançarino Adelson Tavares, com o espetáculo intitulado “Por...no!”, um perfomance que busca demonstrar as influências da pornografia na vida do homem contemporâneo.


O segundo grupo apresentou o espetáculo SOS, que chama a atenção para as questões ambientais e, principalmente, para o problema da escassez da água no planeta. “São dois espetáculos que nos remetem a temas que são muito importantes na vida de qualquer um, e que na maioria das vezes passam despercebidos”, observa a espectadora Aline Gonçalves.


Nesta quinta-feira, a programação da V Mostra Sesc Guajajara continua com a apresentação do espetáculo “O Miolo da Estória” que será apresentado a partir das 19h no Teatro Alcione Nazaré. Em seguida a Cia Tato Criações Cênicas traz ao palco do Teatro de Bolso da UFMA o encanto do teatro de animação, com a apresentação do espetáculo “Tropeço”, a partir das 20h.