27 de out de 2012

Espetáculos de dança, música, teatro e cinema movimentam o terceiro dia da 7º Mostra SESC Guajajara de Artes.


A 7ª Mostra SESC Guajajara de Artes continua repleta de atrações neste sábado (27). A programação do terceiro dia começa com instalações artísticas de Maria de Laroche e Marlene Barros nos terminais de integração da Praia Grande e da COHAMA.

A partir das 17h, o espetáculo de dança infantil ‘’Vila Tarsila’’, da Cia Druw (SP), tem a sua vez no projeto Palco Giratório (Teatro Arthur Azevedo). 

Às 18hs, quem se apresenta é o Bumba Ópera (MA) com o show ‘‘A Lenda da Serpente – Cantata Popular”, no Teatro Alcione Nazareth.

Na sequência, a partir das 19h30, o Cine Praia Grande dá sequência à Mostra Vicent Price, com os filmes “”O Abominável Dr. Phiies’’, ‘’O Corvo’’ e ‘’A Casa dos Maus Espíritos’’. Logo depois, às 20h, a Cia Miramundo Produções leva ao Teatro João do Vale o espetáculo “Cais da Sagração”.

Enquanto isso, no Teatro da Cidade de São Luís, a jovem cantora Tássia Campos fecha a programação do terceiro dia com o show ‘’Trilha Sonora do Universo’’.


Conheça os artistas do terceiro dia da 7ª Mostra Sesc Guajajara de Artes.



Vila Tarsila – Cia Druw (SP) – Palco Giratório


Trazendo um roteiro que valoriza o lúdico, Vila Tarsila traz a tona as memórias de infância da pintora e desenhista brasileira Tarsila do Amaral. Na apresentação, Miriam Druwe e Cristiane Paoli Quito transportam o espectador ao mundo antropofágico da artista, demonstrando que sua obra nasceu de experiências visuais nas inúmeras viagens realizadas e das brincadeiras das tardes na fazenda onde a pintora vivia em Capivari, interior de São Paulo, quando podia correr livremente entre árvores e brincar com bonecas feitas de mato, em contraponto com a educação francesa que recebeu de seus pais.

O espetáculo Vila Tarsila faz parte do Palco Giratório, uma das mais bem-sucedidas iniciativas culturais do país, pelo qual o SESC promove o acesso a espetáculos de qualidade a um público amplo e diversificado e divulga o trabalho de profissionais provenientes de diversos estados brasileiros. 

O projeto Palco Giratório também se fará presente em outros dias da 7º Mostra Sesc Guajajara de Artes.



“A Lenda da Serpente – Cantata Popular” – Bumba Ópera (MA).


Cantata popular para quarteto misto, soprano lírico, soprano popular, tenor e orquestra com libreto e música composta por G. S. Correia. A cantata é uma crônica musical que conta uma das mais conhecidas lendas do Maranhão, a lenda da serpente de São Luis, que sob licença poética, faz uma fusão com a cidade de Queluz, retirada da lenda do Rei Dom Sebastião. 

Depois de uma abertura orquestral de cunho musicalmente híbrido, na música “Dorme a Monstruosa Serpente”, a lenda é apresentada por um quarteto vocal que exerce o papel ora de narrador, ora de povo ludovicense.

O espetáculo faz parte do terceiro dia da 7º Mostra Sesc Guajajara de Artes, tendo como palco o Teatro Alcione Nazaré.



‘’Cais da Sagração’’ – Cia Miramundo Produções Artísticas (MA)


Cais da Sagração é uma história de mar. Ambientada na década de quarenta, o espetáculo trás como principal personagem o Mestre Severino, barqueiro que faz o transporte de passageiros da cidade de Alcântara a São Luís. 

Em uma de suas viagens Severino conhece Vanju, mulher de vida fácil que sobrevive prostituindo-se no baixo meretrício, na região do Desterro no centro histórico de São Luís. Apaixonado M. Severino casa-se com Vanju e a partir desta união um mundo tão misterioso e profundo como o mar que banha a ilha desvenda-se. 

Por meio destas personagens Josué Montello revela toda a beleza e complexidade da cultura costumes e crenças de nosso povo.

Cais da sagração é um espetáculo da Companhia Miramundo Produções Artísticas e parte integrante da 7º Mostra Sesc Guajajara de Artes no terceiro dia.


Tássia Campos – Show Trilha Sonora do Universo (MA)


Trazendo a ousadia e sempre contextualizada com os novos ventos e rumos da então chamada “nova MPB”, Tássia Campos desponta na cena local e nacional com sua voz suave e estilo ‘Cool’ e diferenciado.

O trabalho da artista foi indicado pela Melody Box, site e rede musical de grande abrangência no Brasil, como a próxima representante do Maranhão para o mundo, depois de Zeca Baleiro e Rita Ribeiro.